Atraso no Arrebatamento… Você está amargamente desapontado?
21 de Outubro de 2017

Meus queridos Moradores do Coração, o Senhor veio a Mim esta noite e me pediu para compartilhar Seu coração com aqueles de vocês que estão amargamente decepcionados. Saí da oração e perguntei-lhe: “Senhor, onde você quer que eu comece?”

Ele respondeu: “O que você pensou há alguns momentos antes?”

Sobre as pobres almas descartadas?

“Sim. Comece por aí.”

Meus queridos, eu ouvi tantos de vocês chorar e querer que o Senhor viesse mais cedo… e óh, como eu entendo isso. Durante o serviço de comunhão desta noite, a leitura do evangelho foi sobre os trabalhadores que foram contratados à tardinha, mas ainda receberam o mesmo salário que aqueles que trabalharam durante o calor do dia.

Jesus contou esta parábola, “Pois o Reino dos céus é como um proprietário que saiu de manhã cedo para contratar trabalhadores para a sua vinha.

Ele combinou pagar-lhes um denário(atualmente é o valor equivalente a cerca de $ 50 Dólares por um dia de trabalho) pelo dia e os mandou para a sua vinha.

“Por volta das nove da manhã, ele saiu e viu outros que estavam desocupados na praça, e lhes disse: ‘Vão também trabalhar na vinha, e eu lhes pagarei o que for justo’.

E eles foram.

“Saindo outra vez, por volta do meio dia e das três horas da tarde, fez a mesma coisa. Saindo por volta da cinco horas da tarde, encontrou ainda outros que estavam desocupados e lhes perguntou: ‘Por que vocês estiveram aqui desocupados o dia todo? ’

‘Porque ninguém nos contratou’, responderam eles.

“Ele lhes disse: ‘Vão vocês também trabalhar na vinha’.

“Ao cair da tarde, o dono da vinha disse a seu administrador: ‘Chame os trabalhadores e pague-lhes o salário, começando com os últimos contratados e terminando nos primeiros’.

– Você pode imaginar esta cena ?!

“Vieram os trabalhadores contratados por volta das cinco horas da tarde, e cada um recebeu um denário.(salário de um dia inteiro – que era U$ 50 dólares.)Quando vieram os que tinham sido contratados primeiro, esperavam receber mais. Mas cada um deles também recebeu um denário. Quando o receberam, começaram a se queixar do proprietário da vinha, dizendo-lhe: ‘Estes homens contratados por último trabalharam apenas uma hora, e o senhor os igualou a nós, que suportamos o peso do trabalho e o calor do dia’.

“Mas ele respondeu a um deles: ‘Amigo, não estou sendo injusto com você. Você não concordou em trabalhar por um denário? Receba o que é seu e vá. Eu quero dar ao que foi contratado por último o mesmo que lhe dei. Não tenho o direito de fazer o que quero com o meu dinheiro? Ou você está com inveja porque sou generoso? ’

“Assim, os últimos serão os primeiros, e os primeiros serão últimos”. Mateus 20:1-16.

Agora, muitos de vocês neste canal são muito parecidos comigo, como pássaros de uma asa só… No sentido de que as igrejas institucionais rejeitaram o que perceberam ser uma falha e o desqualificaram para o ministério. Alguns de nós tiveram falhas que precisavam ser trabalhadas ao longo dos anos – admito isso.

Como resultado, há muitos entre vocês que, quando foram salvos pela primeira vez, desejaram fazer algo pelo Senhor, mas você foi ignorado e passado pra trás. Isso aconteceu comigo.

Muitos de vocês estão amargamente desapontados, porque desejavam servir a Deus há 20 anos, mas foram menosprezados por grupos de igrejas e considerados “inadequados”. Muitos de vocês não tiveram a motivação para superar esses obstáculos por conta própria, então você mergulhou para a zona de conforto, sentindo grande amargura e desapontamento. A vida não melhorou para você, as portas não se abriram, mesmo que tenha estudado e orado, assim como todos os outros. Agora, tudo o que você deseja é ser levado no Arrebatamento e deixar suas falhas e traições para trás.

Estou vendo um padrão aqui nesta história do evangelho. Os trabalhadores que foram julgados adequados foram contratados no início da manhã. Sem dúvida, eles formaram uma espécie de grupo e todos foram dotados de forma semelhante. Então, alguns que foram desconsiderados… (Deixe-me dizer-lhe que sei o que é ser rejeitada, como a última pessoa a ser escolhida para a equipe – e não porque foi como uma escolha, mas sim como: “é, só tem você mesmo…”) Os que foram ignorados ​​pela primeira vez pela manhã estavam esperando quando o proprietário da vinha viesse e visse valor neles e os coloca-se para trabalhar; eles foram a segunda escolha. Isso aconteceu duas vezes mais, até o quarto grupo ter trabalhado às cinco.

Você vê, o Senhor odeia a injustiça e o estereótipo social. Ele ODEIA isso. Então, aqui Ele vai restaurar a justiça – enquanto os “mais dotados” se fartam até nas sobremesas.

Então, Jesus disse ao capataz: “Chame o primeiro grupo ao pagamento”. Estes eram os trabalhadores desqualificados, os que nunca fizeram parte de uma equipe, mas sempre foram rejeitados. Eles apenas trabalharam por uma hora, mas o Senhor viu grande valor neles, então começou a pagá-los por um dia inteiro de trabalho.

Tenho certeza que nesse ponto o grupo que foi contratado pela manhã estava pensando: ‘Uau! Nós vamos receber muito dinheiro”. Mas, enquanto observavam com descrença, o Senhor invocou os outros grupos e lhes deu o mesmo salário. E eles começaram a se perguntar… “Certamente Ele não vai nos pagar o mesmo salário que os perdedores que só trabalharam uma hora!”

Mas para seu desgosto, foi exatamente o que Ele fez.

Muitos de vocês foram rejeitados porque você não jogou o jogo para estar “com” os mais dotados. Você era simples e puro e simplesmente não conseguia se preparar com as regras do jogo para ser escolhido.

Deixe-me dizer-lhe, O SENHOR CONHECE SEU CORAÇÃO E APROVA VOCÊ. E Ele veio em Sua vinha no último momento e vendo você de pé ao redor, Ele está comissionando você para se levantar e trabalhar em Sua vinha. Mas você está tão abatido e cansado da vida que há muito pouco que restou para dar.

Mas está tudo bem. Ele não estava contando com o que você poderia dar de qualquer maneira. Ele está contando com o seu “Sim”. e a fé que diz: “Se Deus está me chamando, então ele deve estar preparado para me capacitar”. E isso é o que Ele realmente está procurando.

Eu ouço quão cansado, desencorajado e frustrado você está com a vida. Ouvi dizer que você teve falhas e rejeições suficientes para várias vidas. Eu já estive no mesmo lugar.

Eu tinha uns quarenta e cinco anos. Quando Ezekiel e eu começamos o nosso ministério, fomos rejeitados e negados pela Igreja Católica. Mas Deus nos deu a graça de perdoar e seguir em frente.

Começamos com muito, muito pouco. Nós alimentamos pessoas no parque em Santa Fé. Nós íamos às mercearias e lixões e resgatávamos alimentos, limpávamos e os embalava e procurávamos famílias que também estavam morando no parque que eram muito pobres para comprar sua própria comida. Tínhamos acabado de chegar lá e também éramos sem-teto. Então nós comíamos a mesma comida que eles.

A partir daí, terminamos em um pequeno posto avançado de traficantes de drogas do México, imigrantes ilegais e suas famílias em EL Cerro Mission – inventado pelos moradores: EL Pequeno Juarez. Onde começamos reuniões de oração, libertações, loja de roupas, necessidades domésticas e aconselhamento – além de alimentar as famílias mais pobres, produtos frescos e outras coisas retiradas da cidade mais próxima, Los Lunas.

A partir daí, uma casa de oração nos levou sob a sua asa e ajudou apoiando com três filhos sendo educados em casa – porque estávamos alimentando os pobres e realizando reuniões de oração. E outros bons cristãos começaram a nos apoiar regularmente, também. O jornal local até fez um pequeno artigo sobre nós.

Estes foram os começos mais humildes. Tivemos algumas pessoas que nos enviaram dinheiro, porque sabiam que estávamos ministrando em todos os lugares que iamos, mas vivíamos com US $ 200 a US $ 300 por mês, com três filhos sendo educados em casa.

Não tínhamos nada. Absolutamente nada. MAS APENAS NOSSO AMOR E DEVOÇÃO A JESUS.

Quando você obedece e faz as pequenas coisas por amor à Deus e o que Lhe importa, Ele o promove. Todos os dias você ora, você se aproxima d’Ele; então você sai, serve e começa a se ver como Seu servo, verdadeiramente. Você começa a perceber que você tem um ministério e você é real. Não importa como e o quanto você foi excluído e rejeitado; Tudo o que importa é que Ele está feliz com você.

E, a propósito, não era essa a razão pela qual você não queria se juntar aos “bem dotados” do primeiro grupo? Você queria algo mais real, mais simples, mais como o Jesus original?

Então, você acabou se afastando, porque você não queria se envolver nisso. Então, agora você viveu todos esses anos e você não está fazendo nada, mas o Senhor está dizendo a você: “Por que você esteve aqui desocupado o dia todo?” Ele diz: “Vá você também trabalhar na vinha”.

Queridos, estou trazendo isso para você, porque ouço seu cansaço, fracasso e vidas insatisfeitas e eu estou dizendo que não precisa ser assim. O Senhor da Colheita está chamando você para a Sua vinha. Você não é um trabalhador da quarta série. Ele está chamando você para ganhar $ 50 dólares por hora, enquanto o grupo só ganhou $ 5 por hora.

Há um outro fator no trabalho da igreja no momento. Aqueles que começaram a fazer uma postura política com todos os programas, todo o grande dinheiro, toda “reverência” depois de seus nomes e todas as suas “honrarias”. Eles estão observando suas igrejas vazias. As pessoas estão saindo de suas igrejas. Porque as pessoas não estão vendo o verdadeiro Jesus.

Agora é sua vez de mostrar-lhes o verdadeiro Jesus. O próprio grupo que desqualificou você está empacotando seus materiais e saindo pela porta, enquanto o Senhor lhe deu este mandato e você está caminhando na porta. Você está passando literalmente no corredor.

Jesus está criando os verdadeiros discípulos espirituosos, sem políticas, sem as infinitas regras como se fossem empresas. Ele está chamando você para se levantar e viver o Jesus que você conhece intimamente através da oração. Sim, você tentou, mas você ainda não começou. Deus vai varrer toda a bagagem da falha e entregar-lhe uma nova vida, se você estiver disposto a desarmar as tendas e caminhar! Você é qualificado, porque você O AMA INCONDICIONALMENTE. Você não está interessado em obter crédito ou ser popular; tudo o que você quer é estar com o amor da sua vida. E é por isso que você está tão decepcionado em não ter acontecido o Arrebatamento.

Ele tem escondido uma geração inteira de cristãos que foram rejeitados pelas “igrejas”, mas continuou a liderar a vida escondida dos pequeninos com profunda devoção a Ele. Almas que desejam só a Ele, tão profundamente apaixonadas que não querem lidar com o mundo e que só querem sair daqui.

Exceto… se você O ama profundamente, como você pode fazer ouvidos surdos ao Seu pedido para que você venha ajudá-lo? Ele não está contratando os seminários – Ele está contratando as ruas! Ele quer aqueles que ninguém mais quer, porque vocês são os que O amam e estão enojados com a forma como o mundo e a igreja estão funcionando.

Mas você diz: “Não sou qualificado, não tenho nada. Sou velho, cansado e doente”.

Ei, tenho 71 anos, cansada e doente de Fibromialgia, tomando remédios para isso e com oxigênio. Eu sou uma desistente do ensino médio, e banida por cada igreja que já frequentei. Eu era muito radical para a norma.

Então, SE ELE PODE ME USAR, ENTÃO ELE PODE USAR VOCÊ. Essa não é a questão. É simples assim.

A verdadeira questão é: VOCÊ O AMA MAIS DO QUE VOCÊ MESMO? Você vai trabalhar com todo o seu coração e dar-Lhe uma chance de levantar você? Você está disposto a estar disposto?

Ele está fazendo a pergunta de suas vidas, queridos. Você que desejava o Arrebatamento, Ele está ignorando toda a burocracia e perguntando: “Você Me ama?” E você diz: “Sim, você sabe que eu Te amo. Eu mal posso esperar para estar Contigo.”

Mas Ele está perguntando de novo: “Não. Você não Me entendeu… Você realmente Me ama? Você está disposto a morrer por Mim? Você está disposto a sair da sua cadeira de rodas e caminhar por Mim?

“Você me ama?”